Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
joaovicentelopes0

Seis Dicas Para Organizar As Finanças Em 2018

Qual é O Melhor Investimento Hoje? CDB: Realmente compensa Investir Meu Dinheiro? /h1>

“São tragédias esperando para acontecer”. O incêndio do Museu Nacional do Rio resultou de uma soma de desinteresse, burocracia e desconhecimento técnico. Mesmo que se comprovasse uma origem criminosa para a tragédia, o fato é que nada funcionou no sistema de cautela antifogo. E se uma pessoa bradar com inexistência de verbas pra isto ou aquilo, o engenheiro paulistano Flávio Figueiredo avisa: com pouco dinheiro se faz uma manutenção diária e eterno. Troca-se uma fiação, conserta-se um teto ou um cano. “Mas a manutenção e o cuidado com pequenas coisas não integra a cultura dos burocratas do País”, lamenta o engenheiro.


“O que prevalece é a mania de aprontar grandes reformas pra quando estiver tudo caindo em pedaços. Quais São Os Melhores Investimentos Para Jovens No Mercado? há mais de 3 décadas pela perícia técnica, Figueiredo é também conselheiro do Instituto Brasileiro de Opiniões e Perícias de Engenharia do São Paulo, o Ibape. Como um estudioso de segurança em prédios e em perícia técnica, qual seu balanço do incêndio do Museu Nacional? Além da imenso indignação com as perdas do acervo, sinto a indignação por visualizar repetidos os mesmos antigos males do Povo.



O justificado porquê daquele incêndio foi o descuido, o desconhecimento técnico, a cultura do ir deixando tudo pra depois. Ao invés Aplicar, 25% Dos Poupadores Guardam Dinheiro Pela Própria Residência assim como o vício de só se meditar em grandes reformas - nunca na manutenção de pequenas coisas no dia a dia. Entretanto também há muita politização. A um gestor eleito não interessa reformar e aperfeiçoar a obra feita por seu rival pela gestão anterior. Ele quer outra, grandiosa, com o nome dele, placa de bronze, cortando fita. O que faltou fazer, efetivamente, no museu?


Faltou o que não é feito quase nunca: a observação de traço. Se a fizessem, mesmo sem uma grande verba poderiam amparar uma quantidade emergencial - trocar a tomada nesse lugar e ali antes do curto circuito. Deve pôr uma coisa na cabeça: o gestor é o responsável pelo que está ante sua guarda. Se ele não tem meios para socorrer qualquer coisa respeitável, tem de sair gritando.



  • Vinte dicas para aconselhar a garotada a resolver com dinheiro

  • Paulo renato rodrigues emiliano

  • Carteira Fundos Imobiliários

  • E em Varejo Seletivo: o campeão foi o Banco do Brasil



Não dá pra permanecer quieto e descobrir que o problema desaparece. No caso do museu, se não conseguiram consertar deveriam organizadamente transferir aquele incontável patrimônio para um recinto seguro. Uma pessoa devia ter gritado: “Esvaziem já estas salas! Agora se falou que o incêndio pode ter tido origem criminosa. Mesmo que seja isto: o que todos vimos foi que o sistema de duelo ao fogo estava abandonado e não funcionou… Isso em um museu daqueles, cheio de preciosidades! Em suma, resguardar patrimônio exige entendimento.


Sim. Não basta que o gestor seja honesto, necessita de ter conhecimento técnico. 1 bilhão pra elaborar o Museu do Amanhã, no porto do Rio. E ali pertinho deixaram o Museu Nacional queimar. Muitos são honestos, orgulham-se de não gastar, de conservar o caixa positivo. Aí o patrimônio se deteriora e o prejuízo pode ser imensurável, em dinheiro e em memória cultural.


Don't be the product, buy the product!

Schweinderl